Created jtemplate joomla templates

portugal-flag england-flag bw

  • Monitorização de Emissões
    Monitorização de Emissões

 

DESTAQUE

 

BHB COMERCIALIZA A PRIMEIRA SOLUÇÃO INDUSTRIAL CERTIFICADA DE TESTE A MÁSCARAS FACIAIS

 

A BHB tem o prazer de anunciar a comercialização em Portugal da primeira solução industrial certificada para o teste de máscaras faciais segundo o normativo EN 14683:2019.

O BFE BioKIT, foi desenvolvido pelo fabricante italiano TCR Tecora a pedido do Exército e da Direcção Geral de Saúde Italiana, com o objectivo de reduzir o tempo de teste necessário à validação da conformidade das máscaras faciais.

Encontrando-se em utilização contínua em Itália, demonstrou ser  uma alternativa eficaz e de baixo custo face aos métodos tradicionais, sendo agora produzido em série e comercializado por toda a Europa.

Com uma vasta gama de aplicações, desde a farmacêutica à textil, trata-se de um sistema simples, robusto e que associa a mais elevada precisão ao reduzido custo de operação e manutenção.

[DOWNLOAD DATASHEET]

 

 

 

BFE TEST KIT vf

Acima - Detalhe do diagrama pneumático do BFE BioKIT e a Certificação pelo normativo EN 14683:2019  (Anexo B).

 

 

SISTEMA DE AMOSTRAGEM DE BIOAEROSSÓIS

O bioaerosol é um dos componentes do material particulado que se encontra em suspensão na atmosfera, sendo composto por diversas partículas de fonte biológica, nomeadamente:

  • Microrganismos (vírus, bactérias, fungos e seus espóros, algas e protozoários);
  • Pólens;
  • Micropartes de animais, insectos e plantas;
  • Substâncias derivadas (toxinas e alérgenos) produzidas por todas as espécies vivas.

 

O estudo dos bioaerossóis envolve muitos campos de aplicação, desde a alergologia ao terrorismo biológico. De facto, o estudo do conteúdo microbiano no ar ambiente tem-se desenvolvido muito nas últimas décadas, tendo emergido essencialmente pela necessidade de criação de ambientes “livres de contaminação”.

Conhecer a distribuição dimensional do bioaerosol permite-nos avaliar o seu comportamento aerodinâmico na atmosfera (tempo de suspensão no ar, fenómenos de transporte e de deposição) e os seus efeitos potenciais sobre a saúde humana (deposição nos diferentes tratos do sistema respiratório).

No sistema de amostragem do BFE BioKIT o bioaerosol é amostrado como uma função das dimensões, a partir de um impactor de vários estágios. Desta forma, o bioaerosol é recolhido para uma superfície do impactor que consiste numa membrana, numa placa revestida com graxa ou uma placa de recolha biológica e é estudado por diferentes técnicas analíticas (investigações microscópicas, análises imunológicas, biológicas e teste químico, técnicas culturais para células vivas).

 

 

BIOAEROSOL vf

Acima - Pormenor de diversos bioaerossóis (algas, fungus, bactérias, virús e esporos).

 

 

IMPACTOR EM CADEIA MULTIESTÁGIO

Do ponto de vista da deposição respiratória, o sistema respiratório humano actua como um classificador aerodinâmico das partículas transportadas no ar. O impactor de múltiplos estágios, baseado no princípio da impactação inercial das partículas, simula o tracto respiratório humano (extratorácico, traqueobrônquico, alvéolar).

Os micro furos em cada um dos 6 planos do impactor actuam como orifícios que, em função do diâmetro e da distância de impactação, permitem captar uma faixa dimensional de partículas, com uma curva de impacto de eficiência específica e característica.

O design especial do impactor multiestágio garante o depósito em cadeia das partículas que se encontram suspensas no ar ambiente por classes.

Para mitigar o conhecido "efeito de salto" comum nos impactores, o impactor utiliza uma caixa de petri com um caldo líquido de ágar, evitando que as partículas se voltem a juntar ou suspender.

 

 

NIOSH Manual of Analytical Methods vf

 

Acima - Detalhe do princípio de funcionamento do impactor (NIOSH Manual of Analytical Methods - Sampling and characterization of Bioaerosol).

 

 

PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO DAS MÁSCARAS RESPIRATÓRIAS

Para que uma máscara respiratória seja testada e validada segundo os normativos europeus e obtenha uma declaração de conformidade, é necessário realizar diversos testes.

A norma EN 14683:2019, harmonizada no âmbito da Directiva dos Dispostos Médicos, é destinada a máscaras de uso clínico, classificando-as em diferentes tipos (I, II e IIR) segundo as suas características, nomeadamente: a eficiência de filtração bacteriana, a pressão diferencial (permeabilidade da máscara ao ar), a resistência aos salpicos e a limpeza microbiana (bioburden).

O teste de eficiência de filtração bacteriana (denominado BFE) e o teste ao nível de permeabilidade ao ar  (denominado de pressão diferencial) são realizados de forma automática pelo BFE BioKIT, a partir de software próprio, emitindo relatórios simples que incluem todos os pontos necessários.

 

 

BioKIT Solution

 

Acima - Detalhe da solução completa - Nebulizador, Impactor, Câmara de aerossóis, Extractor de condensados e Amostrador de caudal.

 

 

voltar button

Sharadas Shelter for Children